Na roda de cura são aberto os quatro portais em volta do fogo central, são acesas quatro velas uma em cada direção: leste, sul, oeste e norte.
Segundo a tradição xamânica, cada ponto cardeal tem um totem, sendo:

O leste, representado pelo elemento fogo, seu animal de poder é a águia, simboliza o masculino e traz consigo a força de nosso espirito;
O sul, seu elemento é a água, o animal de poder é o lobo, representa a criança e simboliza a cura de nossas emoções;
O oeste, elemento ar, animal de poder o urso, representa o feminino e tem como simbolo o nosso poder de escolha;
O norte, seu elemento é a terra, o animal de poder o búfalo, e tem a representação do/a ancião/anciã e simboliza o amor da grande mãe (ou Pachamama).

O xamanismo é uma antiga arte de cura que compreende que toda cura vem da alma.
E quando uma alma é cuidada adequadamente e curada, outras curas podem se manifestar em nossos corpos mental, emocional, físico e demais corpos sutis.

A cura no xamanismo também tem a ver com tudo aquilo que possa vir ajudar o indivíduo a se sentir mais integrado e harmonizado com a natureza e com todas as formas de vida.

E nesse encontro, vamos realizar a apresentação da roda de cura xamânica e vivenciar algumas dinâmicas conduzidas ao som do tambor e da maraca.

Não usaremos nenhuma planta/erva de poder, além do rapé (opcional), e do cachimbo (para quem tiver o seu e sentir de trazer).

Pedimos uma contribuição de R$ 20,00
E mais alguma doação para o espaço (café, chá, papel higiênico, produtos de limpeza em geral, entre outros).

A roda de cura xamânica será conduzida pela Psicoterapeuta holística Ana Maria Rocha

Data: 06/11 (quarta-feira)
Das 19h00 as 20h30

Local: CASA FLORESCER
Rua João de Souza, 47, centro • São Vicente

Mais informações: 013 991440966 | Instagram: Espaço Ana Maria Rocha na Casa Florescer

COMO CHEGAR